Mercedes AMG GT renovado e com versão R Pro

Foi revelada a renovada gama do desportivo de topo da marca da estrela, um dos modelos em destaque no Salão de Los Angeles. E, entre as várias propostas do Mercedes AMG GT renovado, referência para a edição especial GT R Pro que foi agora lançada

Fiel depositário em estrada do know-how desportivo da Mercedes, o AMG GT acaba de ser renovado. O modelo de duas portas ganha várias alterações que aproximam o seu visual da variante de quatro portas, a que se juntam outras ligeiras mudanças na estética exterior e do habitáculo. Mas seguramente aquilo que mais vai interessar aos clientes é que o Mercedes AMG GT renovado conta agora com novos atributos que tornam ainda mais estupenda a sua experiência de condução. E, no topo de tudo isto, surge agora uma edição GT R Pro que beneficia dos ensinamentos obtidos na competição e também de muita fibra de carbono…

Motorizações do Mercedes AMG GT (Motor V8 biturbo com 3982 cc)

Mercedes-AMG GT – 476cv ( 6000 RPM) e 630 Nm (1900 – 5000 RPM)
Mercedes-AMG GT S – 522cv (6250 RPM) e 670Nm (1900 – 5000RPM)
Mercedes-AMG GT C – 557cv (5750 – 6750RPM) e 680Nm (2100 – 5500 RPM)
Mercedes-AMG GT R – 585cv (6250RPM) e 700Nm (2100 – 5500RPM)

 

Uma família mais próxima…

Uma das preocupações da Mercedes para o ‘Model Year 2020’ do AMG GT foi aproximar o visual da versão de duas portas ao que está contemplado no AMG GT 4 Portas. Isso pode começar a ser comprovado pelas mudanças nos grupos óticos, mas também em alguns dos conteúdos do habitáculo. Mas, continuando a falar do exterior, temos agora um novo para-choques traseiro, em que surge inserido o difusor preto e as quatro saídas de escape agrupadas em pares. Além disso, o mais potente AMG GT R continua a ter as ponteiras ao centro como um traço distintivo.


Descubra aqui a versão do Mercedes-AMG GT com seis cilindros

A bordo temos, além do novo volante AMG Performance, mais ligações ao desportivo para quatro passageiros AMG GT. É o caso da consola central e também o painel de instrumentos digital, recorrendo a um ecrã de 12,3”, com modo de visualização “AMG Supersport”, para se juntar ao touchscreen central de 10,25”. É, aliás, neste local que se podem ver as informações do engenheiro de competição virtual “AMG Track Pace”, que consegue gravar dez vezes por segundos os dados de mais de 80 especificações. E, depois, é só tirar o melhor partido da informação obtida e ir consecutivamente melhorando os tempos por volta em circuito…

Mas o maior destaque da renovação do desportivo germânico vai para a introdução, tal como na versão de quatro portas, do AMG Dynamics. Este é o sistema de controlo integrado que vai garantir ainda maior agilidade ao AMG GT, tendo impacto no funcionamento do controlo de estabilidade e na direção. Ele pode ser ajustado entre o Basic, Advanced, Pro e Master, tornando ainda mais específica a experiência ao volante, já configurável nos seis modos de condução.

Mercedes AMG GT R Pro

Mas se a ideia passa por ir atacar os circuitos, então não há na gama do Mercedes AMG GT renovada nenhum modelo que se equipare à edição especial GT R Pro. Porque, para tirar ainda melhor partido dos seus 585cv, foram introduzidas várias modificações com base na experiência que foi ganha nos modelos de competição GT3 e GT4. Isso significou melhoramentos especialmente visíveis em quatro áreas, que são a suspensão, peso, construção e na ligação entre aparência e aerodinâmica.

Este GT R muito especial ganha uma suspensão ‘coilover’, com várias alterações oriundas do mundo da competição, permitindo assim personalizar ainda muito mais o comportamento das molas e amortecedores. O GT R Pro tem uma taxa de compressão ajustada separadamente para movimentos a baixa ou a alta velocidade, e utiliza barras estabilizadoras ajustáveis, a da frente em fibra de carbono e a da retaguarda em aço.

Um dos motivos para a redução de peso deste Mercedes AMG GT especialmente adaptado para a condução em circuito é o sistema de travagem com compostos de cerâmica, que para acentuar a sua exclusividade combina a pintura a preto com o ‘lettring’ a branco. Mas o maior contributo para que o GT R Pro fique mais leve é dado pelos Carbon Packages I e II. Afinal, quase se pode dizer que o mais difícil é encontrar uma parte do exterior que não seja fabricada em fibra de carbono.


Recorde aqui o vídeo da Mercedes a mostrar quando a marca juntou toda a família AMG GT

Como tinha sido referido, existe uma ligação entre as alterações na estética e a eficácia aerodinâmica do modelo. Ou seja, além de mais agressivo na imagem, o Mercedes AMG GT R Pro é ainda mais eficaz a rasgar o vento. As pistas sobre essa melhoria na performance aerodinâmica começam a surgir logo na dianteira, com um splitter mais largo que está ladeado pelos ‘aprons’ com duas lâminas. Junta-se ainda a aerodinâmica ativa do fundo do carro, com o sistema de regulação do ar AIRPANEL, enquanto na retaguarda temos um novo aerofólio que trabalha em conjunto com o flap gurney (o pequeno prolongamento do portão da mala) para criar mais downforce sobre o eixo traseiro.

A terminar, existe mais um elemento que se destaca na traseira. Trata-se da bandeira de xadrez sobre a designação do Mercedes-AMG GT R Pro. O que serve para assinalar a sua vocação para as pistas, que foi já comprovada com a melhor volta de um AMG GT ao traçado de Nurburgring. O tempo final é sem dúvida muito bom, com o cronómetro a parar nos 7.04:632 !

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *