Ford autónomo sobe Goodwood como um condutor alcoolizado…

Quando se fala das imensas vantagens da condução autónoma, a ocupação do tempo e o aumento da segurança são dos maiores benefícios apontados. Mas, além do imenso tempo que demorou Ford autónomo em Goodwood para completar a sua prova, verá que a tecnologia ainda se comporta por vezes como um verdadeiro perigo nas estradas…

Nada bonito. Assim se pode definir o comportamento demonstrado pelo Ford autónomo em Goodwood, com o carro a subir a rampa local quase como se fosse um condutor alcoolizado, com um comportamento errático e perigoso ao volante. Quase bater nos fardos de palha das laterais e andar aos “esses” foram os comportamentos que surpreenderam a assistência que presenciou esta insólita escalada realizada pelo reconvertido Mustang clássico durante o Festival of Speed realizado no sul do Reino Unido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O arranque não foi bonito e deixa logo antever que esta exibição não vai correr bem, com o carro a apontar quase de imediato para as barreiras colocadas nos limites das pistas. Depois, a uma velocidade extremamente baixa (que é quase deprimente, tendo em conta a rapidez com que costuma ser realizada esta rampa), o Ford autónomo em Goodwood lá se vai arrastando pela subida acima. O pior deverá ter sido para os quatro ocupantes a bordo… O homem atrás do volante por várias vezes teve de fazer correções com o volante para evitar o pior, e provavelmente os outros três passageiros devem ter acabado esta aventura bem mais suados do que se estivessem num carro de competição com fato e capacete, tal a quantidade de sustos que apanharam…

Fonte: Turbo

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *