24 Horas de Le Mans: Toyota vence, portugueses azarados

Os resultados das 24 Horas de Le Mans de 2018 dita que a Toyota é o grande vencedor. O construtor nipónico celebrou pela primeira vez a a vitória da mítica prova de resistência da WEC. E mais: a marca também assegurou a segunda posição.

Diz a sabedoria popular que “quem espera sempre alcança” e assim foi para a Toyota no passado fim de semana. O trio formado pelos pilotos Sebastien Buemi, Kazuki Nakajima e Fernando Alonso terminaram em primeiro as 24 Horas de Le Mans de 2018, ao volante do Toyota 050 Hybrid #8. E o construtor nipónico garantiu ainda a segunda posição, com a equipa constituída por Mike Conway, Kamui Kobayashi e Jose Maria Lopez. Desta forma, a Toyota conquista o seu primeiro triunfo na competição.

Ao todo, o Toyota 050 Hybrid #8 percorreu 388 voltas ao circuito de Le Sarthe, mais duas do que o outro trio que representou a marca. O pódio da classe LMP1 completou-se com a Rebellion Racing, que totalizou 376 voltas, equipa constituída por Thomas Laurent, Mathias Beche e Gustavo Menezes.

Eis os resultados das 24 Horas de Le Mans de 2018 nas outras classes:

LMP2 

1º G-Drive Racing – R. Russinov / A. Pizzitola/ J. Vergne – 369 voltas
2º Signatech Alpine – N. Lapierre / A. Negrão / P. Thiriet – 367 voltas
3º Graff-SO24 -V. Capillaire/ J. Hirschi / T. Gommendy – 366 voltas

LMGTE Pro

1º Porsche GT Team – M. Christensen / K. Estre / L. Vanthoor – 344 voltas
2º Porsche GT Team – R. Lietz / G. Bruni / F. Makowiecki – 343 voltas
3º Ford Chip Ganassi Team USA – J. Hand / D. Müller / S. Bourdais – 343 voltas

LMGTE Am

1 º Dempsey Proton Racing – M. Campbell/ C. Ried/ J. Andlauer – 335 voltas
2º Spirit of Race – T. Flohr / F. Castellacci / G Fisichella – 335 voltas
3º eating Motorsports – B. Keating / J. Bleekemolen / L. Stolz – 334 voltas

24 HORAS AZARADAS PARA PORTUGAL…

Já da participação portuguesa as notas são pouco positivas. Os pilotos Filipe Albuquerque, António Félix da Costa e Pedro Lamy abandonaram a prova e o mesmo se sucedeu com a Algarve Pro Racing.

O Ligier JS P217 #22 da United Autosports, conduzido pela equipa de Filipe Albuquerque, Phil Hanson e Paul di Resta, não conseguiu prosseguir na prova após uma colisão. O trio António Félix da Costa, Augusto Farfus e Alexander Sims também foi obrigado a desistir como resultado também de um acidente. Dalla Lana, que constitui equipa com Pedro Lamy e Paul Dalla, saiu de pista e ditou o abandono do trio da corrida. A Algarve Pro Racing não se conseguiu manter na prova, como resultado dos problemas do Ligier JS P217 Gibson.

A Toyota recordará para sempre os resultados das 24 Horas de Le Mans de 2018. É caso para dizer que à 20ª tentativa foi de vez. De realçar ainda que Fernando Alonso venceu na sua estreia.

Fonte: Turbo.

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *