Porsche faz dobradinha nas 24 Horas de Le Mans 0

A Porsche fez mais uma vez história ao vencer as categorias GTE na corrida de resistência mais dura do mundo. Na categoria GTE-Pro, o Porsche 911 RSR com o número 92 terminou a 86ª edição das 24 Horas de Le Mans no primeiro posto, depois de 344 voltas. O trio de pilotos composto por Kévin Estre, Laurens Vanthoor e Michael Christensen foi líder durante quase toda a corrida e controlou a prova que decorreu neste tradicional circuito de 13.626 quilómetros de extensão. Os pilotos oficiais remataram o seu rendimento com a vitória número 106 na classe para a Porsche.

O veículo gémeo (número 91), partilhado por Richard Lietz, Frédéric Makowiecki e Gianmaria Bruni completou a dobradinha da Porsche com o seu segundo lugar na categoria GTE-Pro. Frédéric Makowiecki proporcionou um espectáculo sensacional. O francês manteve um duelo épico com um adversário durante uma hora e meia e conseguiu defender-se de todos os ataques para alcançar a segunda posição. Com estes dois triunfos na maratona francesa de 24 horas, a Porsche ampliou a sua liderança na classificação de pilotos e construtores do Campeonato do Mundo de Resistência FIA (WEC).

Problemas técnicos atrasaram o 911 número 93 durante a noite. Patrick Pilet, Earl Bamber  e Nick Tandy perderam 25 minutos devido às reparações que tiveram que realizar e terminaram em décimo. Para Romain Dumas, Timo Bernhard e Sven Müller, a corrida terminou depois de sete horas, com a desistência do automóvel número 94, por avaria na suspensão.

O Porsche com o número 77, inscrito pela equipa Dempsey-Proton Racing, obteve um impressionante triunfo na categoria GTE-Am. Numa atuação inspirada, o jovem Piloto da Porsche, Matt Campbell, o seu companheiro Christian Ried e o piloto júnior da Porsche, Julien Andlauer, alcançaram a 107ª vitória na classe para a Porsche. Com apenas 18 anos de idade, Julien Andlauer tornou-se o vencedor mais jovem da história de Le Mans nesta classe.

O segundo veículo da equipa Dempsey-Proton Racing viu-se prejudicado por uma avaria na suspensão. O 911 de 510 cv com o número 99, inscrito pela Proton Competition, ficou às portas do pódio com o sua quarta posição. Os Porsche 911 RSR com os números 80 (Ebimotors) e 56 (Team Project 1) terminaram as 24 Horas de Le Mans na sexta e sétima posições, respectivamente. O automóvel da Gulf Racing ficou relegado para a cauda do pelotão no início da corrida, depois de se ver envolvido num acidente provado por outro participante. A partir daqui, a equipa lutou sem descanso e subiu até terminar na décima posição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Jornal Dos Classicos

No comments yet! You be the first to comment.