Ricardo Teodósio vence Rally de Castelo Branco

Ricardo Teodósio, navegado por José Teixeira, aos comandos do Skoda Fabia R5 da ARC Sport, deu xeque-mate no último troço do Rally de Castelo Branco para vencer com uma vantagem de 5,2 segundos sobre José Pedro Fontes (Citroen C3 R5) que detinha um pecúlio de 3,8s à entrada desta classificativa.

No degrau mais baixo do pódio ficou João Barros (Ford Fiesta R5)  a 4,0s do 2º classificado, após uma intensa luta ao décimo de segundo, tendo em conta que Armindo Araújo ficou no 4º lugar com apenas mais 3 décimas de segundo que o piloto do Ford, enquanto que no fecho do top-five terminou Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5) a mais de minuto e meio do vencedor da prova albicastrense.

Ao longo das 10 especiais de classificação que compunham o rally organizado pela Escuderia castelo Branco, o comando passou pelas mãos de Pepe Lopez (Citroen C3 R5) que chegou a ter mais de 20s de vantagem sobre o segundo classificado, porém, ao ser penalizado em 3m30s por erro de percurso, após o primeiro dia de competição e ter caído irremediavelmente na classificação (16º da geral), deixou a luta pelo primeiro lugar entregue a Teodósio, Fontes, Barros e Araújo, sendo troço a troço impossível de determinar quem ia ficar na frente de quem, tendo que se chegar à última especial para fechar as contas e saber quem vencia a 6º prova do Campeonato de Portugal de Rallyes, neste caso o algarvio Ricardo Teodósio que entrou para a especial determinado a anular a desvantagem de 3,8s para finalizar com a vitória.

No 6º posto terminou Pedro Meireles (Skoda Fabia R5), a 17,8s de Miguel Barbosa, ficando na frente de Pepe Lopez que recuperou do 16º posto para onde havia caído após a penalização, ultrapassando Pedro Antunes (Peugeot 208 R2) que venceu a Peugeot Rally Cup Ibérica, o qual levou a melhor nesta competição monomarca sobre o algarvio Diogo Gago (Peugeot 208 R2), que à entrada para a última especial detinha uma desvantagem de 1,1s para o seu adversário direto, no entanto, uma saída de estrada ditou o abandono do piloto algarvio.

Manuel Castro (Hyundai i20 R5), terminou na 9ª posição na frente de Roberto Blach (Peugeot 208 R2), que foi o 2º classificado na Peugeot Rally Cup Ibérica e fechou o top-ten da prova albicastrense.

A próxima prova do Campeonato de Portugal de Rallyes é o Rally Vinho Madeira que se realiza na Pérola do Atlântico de 3 a 5 de agosto, organizado pelo Club Sports da Madeira.

Fonte: Regiao Sul

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *