“Tijolo” com esteróides contra o rei dos hot hatch. O vencedor é óbvio, certo?

Provavelmente fazer uma drag race entre um Defender e um Civic Type R não é a melhor ideia. Mas se estivermos a falar de um Defender Works as coisas podem ser um pouco diferentes.

Já aqui te mostrámos o Honda Civic Type R a bater-se com os mais diversos modelos em drag racesmuito disputadas mas esta é, provavelmente, a mais inesperada de todas. É que desta vez o adversário do modelo nipónico não é nenhum hot hatch mas sim um dos mais icónicos jipes do mundo: o Land Rover Defender.

A escolha dos modelos não faz sentido nenhum, pois não? Mas este Defender é especial. Não é um Defender com os famosos motores Td5 mas sim um Defender Works com um poderoso V8 de 5.0 l e 405 cv debaixo do capot que lhe permite acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,6s e alcançar os 170 km/h de velocidade máxima.

Face a este autêntico “tijolo” com esteróides está o Honda Civic Type R equipado com o 2.0 l VTEC Turbo capaz de debitar 320 cv e 400 Nm de binário, alcançando os 272 km/h de velocidade máxima e cumprir os 0 aos 100 km/h em 5,7s.

O resultado da corrida

Como já deves ter percebido, o tempo que cada um dos modelos leva a cumprir os 0 aos 100 km/h é muito próximo com, pasme-se vantagem para o Land Rover! Face a estes números não é de admirar que a drag race feita pelo Top Gear seja estranhamente renhida.

No início o sistema de tração integral permanente ajuda o Defender Works a ganhar uma boa vantagem face ao seu rival nipónico, no entanto com o passar dos metros a fraca aerodinâmica do modelo britânico começou a passar a fatura e permitiu ao Civic Type R impor-se. Mas se não acreditas no quão renhida foi esta drag race deixamos-te com o vídeo.

Fonte:Razão Automóvel.

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *