Jean-Marc Gales abandona a Lotus

“CEO acelera” da Lotus vai acelerar para outras andanças, confirmando o seu abandono à marca britânica. E já tem projeto em mente…

Há cerca de um ano, a Geeley assumiu o controlo da Lotus, procurando dar continuidade aos bons resultados da marca britânica registados em 2016. Jean-Marc Gales, até ao dia de hoje CEO da Lotus, surpreendeu o mundo automóvel ao anunciar que abandonou a marca e que vai ingressar na JD Classics, empresa dedicada ao comércio e restauro de viaturas clássicas.

Uma surpresa, especialmente considerando o empenho de Jean-Marc Gales em relação à Lotus. O agora anterior CEO – substituído para já por Feng Qingfeng – foi responsável pelo lançamento de modelos como o Evora GT410 Sport ou o Elise Cup 260 e tinha delineado planos ambiciosos para o futuro da marca.

Em 2014, quando Jean-Marc Gales assumiu o cargo de responsável máximo da Lotus, a marca atravessava um período conturbado, revertendo a situação nos anos seguintes.

Fonte: Turbo

No comments yet! You be the first to comment.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *